Dicas de venda

Como elaborar um orçamento e previsão para 2019

Na publicação da semana passada, discutimos se está pronto para o sucesso de vendas em 2019, sendo uma das nossas sugestões a necessidade de criar um orçamento bem-pensado.

Conhecer os seus dados de uma ponta à outra e fazer um plano adiantado pode compensar ao longo do ano. Um bom orçamento irá ajudá-lo a tomar decisões informadas, quer seja respondendo a novas oportunidades de investimento ou reconhecendo e reagindo a quaisquer problemas de fluxo de caixa que possam surgir.

Reunimos este guia passo a passo para que os seus números entrem no caminho para o ano novo.

1. Calcule os seus custos

Primeiramente, precisa de saber quanto está a gastar. Os seus custos podem ser divididos em despesas gerais fixas e gastos. As suas despesas gerais fixas são os custos que paga sistematicamente para manter o seu negócio em funcionamento. Estes tendem a ser pagos anual ou mensalmente e irão incluir coisas como arrendamento de escritórios, eletricidade e encargos com o pessoal.
Por outro lado, os gastos são os seus custos por fazer uma venda. Isto poderá ser publicidade e marketing ou os gastos envolvidos ao receber visualizadores e levá-los a passear pela região.
Como ponto de partida, analise os extratos bancários e registos do ano anterior para se certificar de que não se esquece de incluir algo de importante.

2. Defina os objetivos de vendas e receitas

Definir objetivos realistas em termos de vendas irá dar-lhe um ponto de partida decente para avaliar a sua liquidez. Em comparação com a previsão dos seus encargos, verá imediatamente o lucro que espera obter durante o ano novo. Também terá uma linha de base face à qual pode comparar os números de vendas reais conforme acontecerem, para saber se está de acordo com o objetivo previsto. Não faça previsões de números elevados que não tenha nenhuma hipótese de alcançar. Utilize os números do ano passado como o seu guia e determine o crescimento (caso exista) que espera ver no próximo ano.
Ao tentar estabelecer números de crescimento, pode ser útil pesquisar as tendências do setor para saber mais sobre o que se prevê que o mercado faça em geral. Consulte os nossos dados trimestrais de perceção de mercado para obter informações e conselhos privilegiados.

3. Crie uma projeção de fluxo de caixa

Isto pode ser algo de tão simples como uma folha de cálculo que lhe permita planear um pouco mais pormenorizadamente. Utilize uma coluna para cada mês, documente as suas despesas esperadas e previsão de receitas ao longo do ano. Procure padrões na atividade dos anos anteriores para se certificar de que inclui quaisquer períodos tradicionalmente calmos ou as vezes em que o interesse tende a atingir o ponto máximo.
Terá de verificar se os seus gastos podem ser reduzidos de acordo com os seus meses mais tranquilos e certificar-se de que faz tudo o que puder para lucrar com os meses mais ocupados.

4. Dê opções a si mesmo

Ninguém está à espera que tenha, de antemão, todas as respostas. Este é um exercício para desenvolver as partes que conhece e avaliar as que não conhece com base no histórico, pesquisa e instinto. Designe um orçamento para coisas como atividades de marketing e investimentos em tecnologia ao longo do ano mesmo que não tenha planos específicos. Ao tê-los na sua previsão estes encargos não serão um choque, mas poderá tomar decisões de gastos com base nos números reais à sua frente quando chegar a altura.

5. Planeie qualquer eventualidade

Ninguém sabe o que irá acontecer até mesmo algumas semanas depois. O mercado da habitação pode ser afetado pelo panorama político, pelas flutuações cambiais e pelo estado das economias em todo o mundo. Em vez de se preocupar com isto, coloque-se na melhor posição para lidar com estes desafios à medida que ocorrerem. Faça alguns planos de contingência e pondere onde poderia reduzir rapidamente os encargos, minimizando o risco de fazer vendas.

Com uma visão clara e dinâmica das finanças do seu negócio poderá tomar decisões informadas em tempo útil para poder continuar a orientar a sua agência no caminho certo.

6. Realize revisões regulares do orçamento

Só porque acabou de reunir o seu orçamento de 2019, isso não significa que ele se fique por aí. Programe revisões trimestrais para se certificar de que tudo está no caminho certo. Compare os seus gastos e vendas recentes com os seus objetivos e pense no que estes lhe estão a mostrar.
Rever regularmente os seus números irá dar-lhe uma oportunidade de analisar as áreas problemáticas e fazer um plano para as melhorar antes que seja tarde demais. Ou, se as coisas estiverem a correr bem, terá uma oportunidade de torná-las ainda melhores.

Leave a Reply