Dicas de venda

Está preparado para o sucesso de vendas em 2019?

Estamos de novo naquele momento em que os pensamentos se voltam para o ano novo e tomamos as resoluções para analisar as áreas do nosso negócio que talvez tenhamos negligenciado ligeiramente no passado. E o planeamento, muitas vezes, cai firmemente nesta categoria.

Mas o planeamento deve ficar no topo da lista de atividades de todos os agentes ao longo de todo o ano; sem dar um passo atrás, pode ser muito difícil ver a visão de conjunto. O processo de planeamento permite-lhe reavaliar o seu negócio como um todo, descobrir o que está a correr bem e lançar um olhar crítico sobre as coisas que acha que não estão a funcionar para si. Descobrirá que pode tomar decisões de negócios a partir de um lugar muito mais informado. E, ao definir metas, poderá monitorizar se as coisas estão a correr como planeado.

Como disse famosamente Benjamin Franklin, “se falhar ao planear, está a planear para falhar”

Por isso, temos cinco dicas para o ajudar com o seu planeamento para 2019.

Dica #1: Analise o que funcionou e o que não funcionou neste ano

Sempre que está a planear, o melhor lugar para começar é com aquilo que já sabe.

Pense nas coisas que já tentou anteriormente para atrair consultas ou promover-se comercialmente. Se uma estratégia específica, como a publicidade num portal on-line como o Kyero, funcionou bem para si, então planeie fazê-lo novamente. Se gastou tempo e dinheiro considerável com o design e a impressão de folhetos e depois não obteve nenhuma aceitação a partir deles, não se apresse em repetir o processo. Em vez disso, dê um passo atrás e veja como a estratégia poderia ser melhorada. Partilhe as suas aprendizagens com a sua equipa para garantir que as coisas boas continuam a acontecer enquanto trabalha nas melhorias noutros domínios.

Porque não fazer isso no ano em que planeia uma ou duas novas atividades comerciais? Estas poderiam ser, tentar uma destas ferramentas simples para o ajudar com o seu marketing ou arranjar tempo para ouvir o nosso podcast e saber mais acerca do que é que os compradores internacionais estão realmente a exigir por parte dos seus agentes.

Dica #2: Reavalie o seu portefólio

Se adquirir estrategicamente determinados tipos de propriedade para o seu portefólio, é importante que, periodicamente, verifique se a estratégia escolhida ainda está a funcionar. Os tipos de propriedades e as áreas que vendem bem tendem a mudar com o tempo, por isso, se não conseguir ajustar o seu portefólio em conformidade, poderá ficar com prédios que não serão vendidos. Ao manter-se atento às tendências do setor, conversar com os compradores e rastrear os padrões que observa na sua área local, deverá ficar com uma boa noção sobre os tipos de propriedades que deveria estar a procurar. Mas lembre-se de que este não é um exercício isolado, precisa de revisitado regularmente.

Saiba mais acerca de como atrair as propriedades certas para o seu portefólio.

Dica #3: Investigue os mercados mais lucrativos

Adoramos ser capazes de investigar os dados do mercado imobiliário espanhol e identificar tendências e preferências dos compradores internacionais. Porque isso quer dizer que podemos fornecer aos nossos agentes a informação mais atual disponível de forma a apoiar o rumo dos seus negócios.

Ao ler os nossos Relatórios trimestrais de Vendas da International House e outras ideias do mercado, poderá manter-se atualizado e avançar para novos mercados potencialmente lucrativos à medida que eles surgirem. Em junho deste ano, informámos que os compradores da Holanda quase duplicaram o número de casas que compraram nos últimos cinco anos. E também gastaram mais do que outros compradores estrangeiros. Capacitado com este conhecimento, poderá decidir se é a hora certa para efetuar um esforço conjunto de promoção comercial junto dos compradores holandeses de imobiliário.

Acompanhe o nosso blogue semanal para ver mais ideias de mercado.

Dica #4: Defina objetivos

Provavelmente, a única forma de saber se foi bem-sucedido com os seus planos é estabelecer metas e monitorizar a sua evolução considerando essas metas. Os objetivos que escolher poderão ser financeiros (mais lucro, números de vendas mais elevados, etc.) ou não financeiros, como a velocidade média de resposta às consultas ou, mesmo, delegar certas responsabilidades aos outros membros da equipa.

Pense no seu objetivo estratégico geral para o ano. Quer se trate de um crescimento de 30% nas vendas ou tomar o seu tempo para apanhar as crianças da escola duas vezes por semana, todos os seus objetivos devem girar em torno desta ambição. Certifique-se de que sua equipa está incluída nas decisões de definição de objetivos, pois isso significa que ela terá muito mais probabilidade de trabalhar arduamente para alcançá-los.

Dica #5: Crie um orçamento adequado

Um dos aspetos mais importantes do planeamento para o ano novo é lidar com a orçamentação e a previsão. Quando tiver uma imagem clara dos seus rendimentos e despesas esperados, será capaz de tomar decisões mais informadas. E, ao comparar os seus custos e vendas reais com os que foram projetados poderá certificar-se de que se mantém no caminho certo.

Fique atento à publicação da semana que vem, que dar-lhe-á um guia passo a passo para fazer orçamentos para 2019.

  

Leave a Reply